Como oferecer uma boa contraproposta na compra de um imóvel em Natal

Comprar um imóvel é uma tarefa que exige bastante tempo e determinação por parte da pessoa, porque senão ela pode acabar caindo em alguma armadilha criada por alguém. Para os que procuram casas para morar ou para alugar, mas não tem tanto capital assim para fazer o investimento, é possível sempre fazer o valor baixar um pouco através de muito diálogo e lábia. Lembrando que como diz aquele ditado popular: “Quem não arrisca, não petisca”, você não tem nada a perder num primeiro momento, podendo conseguir comprar o imóvel por um preço bem mais enxuto.

Para fazer um bom negócio, é necessário planejar e pesquisar muito antes de tomar uma decisão, lembrando que é preciso uma atenção máxima em alguns detalhes, coisa que nem sempre as pessoas fazem. Por isso é que muita gente acaba por se arrepender da compra de um determinado imóvel. Para não acontecer isso com você, a nossa equipe preparou um artigo explicando como fazer uma boa contraproposta no imóvel que estiver interessado em Natal, te dando uma base para conseguir fazer uma boa negociação.

Busque informações sobre a região

Muitas variáveis subjetivas influem no valor de um imóvel. Fatores como violência, dificuldade de acesso a serviços básicos, distância de lugares movimentados, transporte público ineficiente ou inexistente, são exemplos de coisas que podem convencer o dono a dar algum desconto para você na hora da compra. Explique o quanto tudo aquilo influirá negativamente no seu dia a dia, mas é importante sempre ir com cautela, já que o assunto é muito delicado e envolve muita coisa. Problemas pontuais podem fazer descer o preço também, como enchentes, ondas de violência, entre outros.

Deixe bem claro o que pensa já na vistoria

A vistoria é a fase de uma possível compra em que você verá se determinado para casas à venda em Natal tem algum problema ou não. Coisas como infiltração, umidade e cheiro de mofo, assim como piso quebrado em alguma parte e paredes sem pintura, podem fazer com que o preço caia. Porque, afinal, se você está comprando um apartamento que não está em perfeitas condições, é justo receber um desconto por conta dessas deformidades. Assim, peça um desconto na compra e alegue que gastará dinheiro para reformar a casa.

Também existem outras questões que não têm a ver diretamente com as condições físicas das dependências do imóvel, como uma casa noturna que faz muito barulho de madrugada, uma feira barulhenta que acorda todo mundo no final da madrugada, barulho intenso de trânsito, dentre outras situações. Caso essas coisas te incomodem, deixe claro isso já na vistoria, tentando pedir um desconto logo depois.

Seja racional

Não tente pedir descontos impossíveis, como cortar pela metade o valor. Além de provavelmente não funcionar, irá afastar o dono de qualquer conversa amigável sobre o valor do imóvel. É preciso pensar também que as construtoras também tem o seu quinhão na venda (caso você esteja utilizando os serviços de uma), podendo barrar algum acordo desigual. No caso de uma empresa estar te ajudando, é provável conseguir um desconto de 1 a 5 por cento.

Normalmente esses descontos acontecem quando você vai pagar à vista, ou uma boa parte do combinado pelo imóvel já na compra. Também ocorrem se o apartamento em Natal que estiver comprando precise de alguma reforma, ou tenha algum outro tipo de problema. Entretanto, existem situações pontuais que se você tiver sorte pode conseguir um desconto até maior, como quando o dono tem pressa de vender por precisar do dinheiro rápido.

Tente conversar com o proprietário diretamente

Para quem está fazendo visitas com um corretor, saiba que ele sempre sabe o quanto determinado imóvel vale, tendo informação sobre questões da vizinhança, do prédio, etc. Além de que ele sempre vai querer lucrar mais e não menos. Mesmo que possa dar algum resultado apresentar uma contraproposta para um corretor, sabe-se que ela sempre será limitada. Afinal, aquele imóvel não é dele, ele está apenas fazendo um trabalho de corretagem, o que implica em muito menos coisas do que está envolvido o proprietário do imóvel.

Negociar com o dono pode ser a saída mais vantajosa para o comprador, pois ele conversará diretamente com a pessoa que está mais interessada na venda. Ele terá bem mais flexibilidade na hora de ouvir a sua proposta, afinal, ele não é um profissional do ramo imobiliário tentando se dar bem em cima do cliente. O jeitinho brasileiro que conhecemos tão bem, nessa hora é imprescindível ele entrar em ação, usando como base o diálogo persuasivo para conseguir um maior desconto.

Saiba a hora de parar

A importância em saber parar é equiparável a importância de saber negociar, sair com um desconto mesmo que pequeno é melhor do que não conseguir nada. Se você usar de argumentos lógicos para convencer o dono a te dar o desconto, mesmo que seja pequeno, caso você tente conseguir ainda mais, pode ser que se perca dentro do próprio discurso e o dono perceba o seu blefe. Por isso, é importante ter bom senso e se contentar com o que você já tem.

Para você que já aprender um pouco sobre como oferecer uma boa contraproposta na compra de um imóvel em Natal, fica o convite para voltar novamente no nosso site e ler mais alguns dos nossos posts. Você não irá se arrepender! 

Categoria:Noticias da Costa Branca

Deixe seu Comentário